Uma Oração de Gratidão, por Irineu Messias

17.05.2017
Escrito por Irineu Messias

GRATIDÃO

Que poema escreverei
Quando estiver a meditar
Nas grandes maravilhas
Do Santo Senhor Jeová?

Uma oração, apenas uma oração
De minha agradecida alma
Ao Senhor dos Céus dos Céus
Que por amar-me tanto
Fui criado à Sua semelhança,
Por seu Espírito Santo!

Uma oração, apenas uma oração…
Em que nela expressarei a Deus,
Minha mais profunda gratidão,
Por acordar todas as manhãs
E poder respirar o doce ar da vida

Uma oração para agradecer
Pelos olhos perfeitos
Com os quais eu posso ver
As belas estrelas nas noites de luar,
Brilhando intensamente no firmamento

Agradecer, sim, a Deus meu Senhor,
Pela vida que tenho, até quando eu não sei…
Mas que, a quero viver de uma maneira santa e obediente
Ao Deus Único e Verdadeiro, tão amoroso e tão clemente!

Cada vez que medito nisso, tanto
Fico muitissimamente maravilhado
Por ser tão amado e tão cuidado,
Pelo Deus de toda Providência
Pelo Seu Espírito Santo!

Por isso que desejo sempre orar e orar…
Porque orar é um diálogo sublime,
Com o Autor de toda a Criação
Em que o humano e o Divino
Se falam e se ouvem
como um pai a conversar com seu filho pequenino!

Que esse desejo de falar com Deus, meu Pai Celestial,
Nunca abandone meu coração e minha mente,
Por isso quero sempre conversar com este Deus Único e verdadeiro
Pois Seu Filho Unigênito, desde a Eternidade, me amou primeiro
Entregando-se para salvar, não só a minha vida,
Mas todas as vidas do mundo inteiro!

Esse amor insondável e infinito,
Sua Divinal compaixão
Deixa-me permanentemente agradecido
E muito emocionado,
Pois fui gerado e concebido em pecado,
Mas continuo sendo alvo de Sua Amorosa atenção
Por isso sempre aconselho a meu coração:
“Ore clame e adore
Ao Bendito Deus Triúno e Eterno
Senhor de todo o Universo
Que enviou Jesus, meu amado Salvador,
O qual converteu a minha, e tantas outras vidas
Pelo Seu Espírito Santo
O doce e sublime consolador!

702e6-clipboard02_22

*****************

Ele fez tanto por mim!

14.11.2015
Por Irineu Messias, atualizado em 20.11.15
702e6-clipboard02_22

Ele fez tanto por mim

Mas minhas palavras tão insuficientes são…

Que desejo e não consigo escrever, o mais lindo e belo poema,

No qual revelaria, na inspiração de minha poesia,

 Como é emocionante sentir tudo isso

No meu humano coração,

Esta divinal alegria,

Que é a presença de Deus

Pela intimidade com o Senhor Jesus Cristo!

Ele fez tanto por mim.

Esta é a sublime razão de eu existir,

Neste momento; neste momento, sim;

Quero adorá-Lo com todas as forças de minha alma,

Com toda a inteireza de meus pensamentos!

Ele fez tanto por mim

Abriu meus cegos olhos,

Com Sua divinal e majestosa Luz;

Deu-me Seu fardo tão suave,

Perdoou todos os meus pecados

E até ao maldito Calvário, levou aquela minha rude cruz!

Ali me libertou do cruel e infame Inimigo;

Ele sofreu todo meu castigo!

Já não sou mais, por sua Graça infinita, um homem escravizado;

Ele amou muito e intensamente a minha pecaminosa vida,

Deu-me uma nova bússola para uma santa e nova trilha.

Ele me fez assentar aos seus divinos pés,

Como um dia assentou-se o geraseno liberto e muito feliz!

Ele me quis…

Assim do jeitinho que eu era e já não mais sou,

Porque seu Santo Espírito, meu Santíssimo Ensinador,

Milagrosamente me transformou,

Pela força do Seu eterno e infinito amor!

Ele meu quis…

Mesmo sendo eu tão pequenino,

Como um grão de areia à beira do mar;

Assim mesmo me procurou e me achou tão perdido,

Ele me escolheu para me amar!

Por isso O amo, com todas as forças que há no meu ser,

E meu sincero e profundo desejo,

É dEle nunca mais me afastar e jamais dEle me perder!

 Para mim isso é profundamente esplêndido,

Tão cheio de Sua Graça e imensamente maravilhoso

A minha alma de alegria, chora e O adora,

E meu espírito se enche de tanto gozo!

Ele fez tanto por mim,

Que às vezes, nem sei como plenamente Lhe agradar,

Minhas lágrimas constantes de prazer, é que falam agradecidas por mim…

Diariamente, penso no Céu, onde agora Ele está,

À destra do Amado Pai Celestial,

Que O Enviou lá do Alto, num gesto infinitamente amoroso.

Ah! Como me sinto tão agradecido,

Por ser tão amado e tão querido

Por um Deus, que é o Único e  Verdadeiro,

Cheio de tanto amor,

Ele é o Todo-Poderoso!

Ele faz tanto por mim

Que minha vontade imensa,

Meu desejo sincero é poder agora,

Ir-me pra sempre para o seu Reino de luz,

Mas Ele me diz como disse para o liberto geraseno,

Que ainda devo ficar neste mundo terreno;

Anunciando tudo que Deus, o meu Senhor, fez por mim.

Se assim é Sua soberana Vontade,

Espalharei todas Suas Verdades;

Pregarei Sua Palavra que tanto tem enchido

Minha alma de Sua Luz.

Agora sou um homem muito feliz;

Assim Ele quis.

Carregarei com alegria, todos os dias, a minha cruz,

Pelo grande amor que por Ele, eu sinto tanto,

Derramando em mim por Seu Espírito Santo;

Ele me ama tanto…

Ele é o meu Deus,

Ele é o meu amado Senhor Cristo Jesus!

*****

Minha Mente Jamais Esquecerá

10.09.2015

Minha Mente Jamais Esquecerá
Irineu Messias

Passam-se os dias, meses,
Tantos anos também;
Minha mente, no entanto, jamais esquecerá.
O Bem Maior de Deus
Que lhe fez e sempre fará…

O Bem Maior de me salvar,
Em Jesus Cristo, seu Filho Amado.
Meu Senhor e Salvador, amém!

Minha alma jamais esquecerá,
Que a Morte sempre esteve
Ás portas de minha vida,
Mas Cristo, que é a própria Vida,
Jamais de minha vida esquecerá!

Porque no Mar do Esquecimento,
Todos os meus pecados
Deus jogou e esqueceu;
Porque Cristo vive em mim;
Eu não sou apenas eu;
Sou eu e Cristo
Sou Cristo e eu.

Minha mente,
Por tudo isso e muito mais,
Não tem como esquecer
A Misericórdia do Senhor Jesus,
Que tirou-me das trevas,
Levou-me á Sua Luz;
Deu-me um fardo suave,
Quando morreu por mim naquele rude cruz!

Minha mente jamais esquecerá,
As muitas batalhas que venci,
E as outras tantas que ainda serei vencedor,
Porque a Graça de Deus
Fez-me servo, filho de Seu Filho,
Pelo seu infinito e maravilhoso Amor!

************


************************

Segundo o Seu Coração

23.02.2015

Por Irineu Messias

Resultado de imagem para segundo o coraçao de

Em um mundo de tantas trilhas

As direções por nós  escolhidas

Quase sempre nos deixam  confusos e perdidos,

sem um norte, sem uma direção.

É melhor optar pelo caminho de Deus, Nosso Pai

Que em Seu Filho Cristo Jesus,

Que para todos os homens é a divina luz;

Seu Espírito quer nos guiar todos os dias

Segundo o Seu Coração

Não quero  os caminhos de minha mente,

Recuso o norte apontado pelos pensamentos da minha alma,

Quero um caminho de calma….

Uma trilha com uma segura direção…

Sei que eles  estão revelados nas Escrituras Sagradas;

Cuja luz iluminará sempre a minha estrada,

Agora tão iluminada, mas antes tomada era  pela escuridão.

Assim rumo seguro na vontade do Deus Pai,

Que me ama de mais,

Por isso caminharei sempre  feliz

Segundo o Seu Coração

Seguindo Sua direção

Em tudo na vida serei vencedor

Pelo Milagre da fé

Que tenho em Jesus, meu terno Salvador.

Na cruz ele venceu a morte,

E me deu seu divinal perdão

Agradecido,  quero viver  toda minha vida

E todos projetos de minha lida,

Segundo o Seu Coração!

*****

Ló e as Campinas do Jordão

27.01.2015

Por Irineu Messias


Um dia, na vida do patriarca Abraão,
Houve uma grande contenda
Entre ele e seu parente Ló,
Filho de Harã, seu irmão

Abraão poderia ter evitado
Esta momentânea falta de paz
Se tivesse fielmente obedecido
A ordem do Senhor Deus,
E o seu divinal mandado

Deixar para trás sua parentela,
Era a orientação divinal.
Mas ele compadecido de seu órfão sobrinho
Ao Deus dos Céus não consultou;
Levando-o consigo  e muitos problemas se lhe gerou
Ao longo de seu caminho.

Quando tomamos decisões
Sem pedir a direção divina
Problemas e muitos desacertos
Acompanharão sempre nossa sina.

Por isso surgiu a contenda
Entres os pastores de Ló
E os pastores de Abraão
Que declarou para ele:
“Não contendamos pelo caminho,
Porque somos irmãos”.
Ele teria que seguir sozinho,
Com a paz voltando á sua vida,
Á sua família e ao seu coração.

“Escolhe agora tua trilha”;
“Se a esquerda quiseres
Para a direita eu irei;”
“Tão somente aparta-te de mim
Para que eu possa obedecer e servir
Ao Todo Poderoso
Meu Salvador e meu Rei

E o parente de Abraão
Levantou bem o seu olhar
Sem a orientação do Senhor,
Pôs-se a contemplar
As verdes campinas do Jordão;
Deixando-se guiar apenas pelos olhos de seu coração

Ao escolher a direção desta nova caminhada
Não se deixou guiar pela orientação de cima
Que se a seguirmos com fé, feliz será nossa lida.
Guiou-se por olhos repletos de tantos desejos seus,
Fez sua errada escolha bem distante dos propósitos de Deus.

Optou pela Campina do Jordão;
E f oi cada vez mais aproximando
Suas tendas para Sodoma, a cidade do pecado;
Podia ter escolhido certo, mas terminou escolhendo errado;
Foi habitar em lugar cheio de tantas maldades;
Um antro de perdição,
Que haveria de sofrer o justo juízo do Deus de toda a Criação!

Quando o justo ora e não vigia,
Decisões sempre erradas acompanham seu dia—a dia.
Foi assim na vida do justo Ló;
Que por estar em um lugar onde Deus, o Senhor, não queria
Naquela maligna cidade…
Onde perdeu, por um momento, seus bens e sua liberdade;
Perderia mais adiante sua esposa e companheira;
Agora passaria vida inteira tão triste, frustrado e tão só.

Por não quero escolher sozinho
Qualquer lugar para aonde eu for
Desejo que o Espírito do Senhor
Dirija sempre o meu caminho.

Não quero guiar-me pelo próprio coração
Nem iludir meus olhos;
Com as paisagens das “campinas do Jordão”!

As tendas minha vida quero-as bem distantes
Dos lugares abominados pelo Senhor,
Hei de estar sob a orientação de Deus, meu Divino Ajudador!

Escolherei minhas trilhas
Tal como meu Pai Abraão as suas escolheu,
Guiado pelo Espírito Divino
E sempre ouvindo a voz do Senhor Deus
As tendas do meu viver
Quero-as perto de Betel, a santa Casa de Deus,
Onde o patriarca Abraão erigiu um altar
Para obedecer e adorar
Ao Todo-Poderoso que se fez amigo seu

A direção do meu caminhar
Desejo que esteja sob a orientação do Espírito Santo
Que durante a vida de Abraão,

O guiava por todos os cantos.
Bem diferente de Ló, que para fugir da destruição
Daquele lugar de grande degeneração,
Pediu para esconder-se na cidade de Zoar
Mas na caverna da desobediência ele foi lá habitar

Teremos sempre em nossas vidas,
Tantas escolhas por fazer
Iguais àquelas de Ló e Abraão;
Cujo poder de escolha estava em suas próprias mãos

Quando á nossa frente surgir muitas “campinas do Jordão”
Façamos como Patriarca,  que com firmeza aguardou
A divina orientação do Senhor;
E seguiu sua trilha rumo á Terra Prometida;
E sua vida foi protegida e mantida
Sob as bênçãos do Eterno Deus de Amor!

******

Venha á Minha Cidade, Venha para minha Vida!

30.12.2014

Por Irineu Messias

 Quisera que viesses

Como no tempo passado

Quando fostes á casa daquele homem

Que havias ressuscitado

Eu sei, não é a mesma cidade,

Nem tenho a mesma  necessidade

Do Irmão de Marta e Maria

Mas dá-me aquela mesma alegria

De ter o Senhor sempre ao meu lado

Venha à minha cidade,

Que minha porta está sempre aberta

Pois minha cidade já foi muito deserta

Mas agora é tua santa morada;

Em todos os lugares e em todos os cantos

Quem reina e habita nela agora

É Deus, meu Senhor, o Consolador

Teu Divino Espírito Santo

Sei que deixei Senhor,

Por ainda não conhecer teu amor,

Totalmente fechadas as portas de minha vida

Era uma cidade murada,

Mas sem proteção e sem guarida;

Eu era a sentinela, mesmo assim toda ela,

Por Ti não era guardada!

Esses dias do meu viver,

Em que ainda não era tua morada

Foram dias de sofrer;

A morte física prestes a aparecer.

Mas um dia ouvi as batidas

Das Tuas santas mãos

Batidas suaves que me encheram  de uma divina emoção,

Que tão depressa abri, todas as portas do meu coração!

Convidei-te, Senhor:

“Venha à minha cidade,

Venha para minha vida,

Fica para sempre no meu coração!”

“Venha cear comigo,

Que cearei Senhor, sempre Contigo,

Como ceastes em Betânia

Com aqueles felizes irmãos”.

Eu sou agora,

Pelo Espírito de tua Glória,

Entre tantos, também um ressuscitado

Que antes  vivia morto em delitos e  pecados

Lázaro, eu sei não é meu nome;

Nem tenho por irmãs Marta ou Maria,

Nem Betânia é a minha cidade.

Sou um simples homem,

Que por teu grande amor,

Deste uma eternal felicidade;

E a maior de todas as alegrias:

O gozo de uma sublime eternidade,

Onde para sempre cearei Contigo,

Senhor Jesus Cristo, meu amoroso Salvador!

****

Seu Nome é Cristo Jesus!

18.12.2014

Do blog JESUS CRISTO, É A ÚNICA ESPERANÇA, 05.10.13

Por Irineu Messias, 22.01.13

c2e0c-301a9778119fd55459e3c548441b853f

Minha vida é só gratidão,

Por tantas batalhas vencidas

Pela ajuda da Divina mão

Aliada à minha fé,

E minha humilde oração

As vitórias que são escritas

Nas  páginas da minha vida

Devo à Graça Infinita

De Alguém que me protege e me abraça,

E ainda me oferece perdão!

Que fiz eu pra merecer,

Tanto cuidado e tanto amor?

De Alguém que ofereceu sua vida,

Sentindo tamanha dor,

Para salvar uma outra vida

Que já se dava por eternamente perdida!

Percebo que Sua atenção

É fruto de sua Bondade;

Desafia minha razão;

Toca fundo a minha alma,

Emociona minha vida,

E apaixona meu coração!

Eu fico grandemente curioso:

Como algo velho e imprestável

Torna –se novamente lindo,

Tão precioso e tão novo?

Que segredo e que poder

Ama assim tanto a minha alma?

Que nas horas tão aflitivas

Enche de tanta paz minha vida

E sua calma me acalma!

Busquei muito na minha existência,

A plena felicidade,

Que me completasse tanto,

Que virasse realidade…

Ah, procurei em vários cantos

Encontrei no Senhor Jesus Cristo,

Fui regenerado pelo  Seu Espírito Santo!

Ele me consola todo dia,

Me revela o perfeito caminho

Por onde devo passar

Nem sempre flores, nem sempre espinhos;

Nele não há as temidas trevas,

É feito somente de luz…

É ele que me faz revelar

Que no céu existe o Deus, o Pai;

Que me fez para me amar!

E seu Espírito Santo

Desvenda-me o grande milagre da cruz,

Razão das minhas vitórias;

Mudou toda a minha história,

Deu sentindo à minha vida,

Seu nome é Cristo Jesus!

*****

Fonte:http://jesuscristoaunicaesperanca.blogspot.com.br/2013/10/irineu-messias-seu-nome-e-cristo-jesus.html

Eu desejo Contemplar as Estrelas

09.12.2014
Por Irineu Messias

 A dúvida, em uma das noites peregrinas,

Encheu o coração do Patriarca Abrão:

Acho que não terei descendência, apesar da minha crença,

No Grande e Poderoso Deus, que até aqui guiou os meus caminhos,

Nunca me deixou sozinho, o Autor de toda a Criação”.

Abrão, cujo nome foi mudado,

Ao conhecer mais e mais o Deus de Todo o Universo,

Que o Chamou agora, de “Abraão”,

Ainda assim O imaginou tão longe, quando todo tempo estava tão perto,

Protegendo-lhe dos muitos inimigos na sua caminhada em pleno deserto.

Guiou-lhe com tanto cuidado, falava-lhe a todo o momento ao seu coração.

Mas a ansiedade por um filho,

Tão triste, um dia,ele ficou;

E mesmo um homem de tamanha fé, se descuidou.

Apressou-se a ter Ismael,

Mandou-o, depois embora,

Apesar de sua alma tão chorosa,

Resolveu obedecer à voz de Deus.

Certa noite, todavia,

Na sua tenda adorava e clamando ao Senhor, pedia,

Um filho que pudesse herdar tudo que na vida adquiriu.

O Senhor, o Pai das Misericórdias

Que do Alto de Sua Glória,

Ouve sempre a oração de um homem fiel;

Que não prioriza as coisas da terra,

Mas vive pensando nas eternas coisas do Céu!

O Senhor o convidou , naquela noite tão linda e estrelada,

Onde decerto, Abraão achava que não aconteceria nada;

Porém os pensamentos divinos,

Assim como Seus caminhos santos

Sempre serão mais gloriosos

E realizados por Seu Espírito Santo!

“Olha agora para os Céus,

“E veja, se as tantas estrelas você as pode contar”

Declarou o grande Deus,

O santo Senhor Jeová!

Abraão obedeceu;

Ergueu os olhos para os Céus,

E por mais que tentasse contar,

Os bilhões pontos de luzes,

Que o Senhor Deus, pôs no firmamento.

“Abraão, assim será a tua descendência”,

Revelou o Todo-Poderoso, naquele santo momento

A fé tomou-lhe completamente o dantes duvidoso coração,

Inundou-lhe também  todo o seu pensamento;

Era Abraão agora, um homem bem diferente!

Antes um fiel duvidoso, agora totalmente crente

Nas promessas do Deus Criador

Que me fez do patriarca também sua descendência,

Pelo poder miraculoso da Fé,

Através da justiça do meu Senhor Jesus Cristo,

O Filho do Seu Amor!

Ó Deus de meu pai Abraão,

De quem me fizeste filho na fé, em uma noite tão linda e estrelada,

Confirma também Tuas promessas bem lá dentro do meu coração!

Chama-me também em algumas dessas noites,

Em que esses astros luminares embelezam

Mais ainda, Teu majestoso céu;

Fazei a mim, tantas e diversas promessas,

Como aquelas que Fizestes ao Patriarca Abraão,

Aquele crente tão fiel!

Chama-me, ó Amado de minha alma,

Faze- me olhar para cima,

Inunda minha vida de calma

Então verei pela fé, Alguém mais lindo que as estrelas

Que naquela noite meu Pai Abraão contemplou;

Verei meu o Cristo Amado,

Que na cruz morreu por meus pecados,

Este Salvador Glorioso,

Cristo Jesus, meu Divino Redentor!

*****

Ele também Me Viu

08.12.2014

Irineu Mesias

08.12.14

Seus olhos estãos em todos os cantos do mundo,
No céu, na terra e até nos mares mais profundos;
Esses olhos onipresentes que contemplam a Terra inteira,
Viram, antes que O conhecesse,a Natanael debaixo de uma figueira

Ele é Palavra, é o Verbo da Vida,
A guarida para toda alma que se sente desprotegida e  perdida,

Nos  caminhos, quase sempre errados,
Ele ilumina a estrada daqueles  que vivem sem luz,
É a Luz dos que se arrastam nas trevas  de seus próprios pecados,
Ele o Filho Deus,Nosso Senhor Cristo Jesus!

Natanael, surpreso e admirado
Foi profundamente tocado;
Seu coração encheu-se de fé,
Imediatamente creu:
No Homem da Galiléia,
No Carpinteiro de Nazaré:
“Rabi, Tu és o Filho de Deus…”

Sua fé foi recompensada,
As portas do alto se abriram
Anjos subindo e descendo,
Dos Céus, onde está Nosso Pai,
Sobre seu Filho Unigênito
Que veio  iluminar os caminhos
Dos que estão nas densas trevas do Mal,
Por seu  poder infinito e   sua graça sem igual;

Crer, é tudo que é preciso, para não seguir sozinho,
Sem Deus, sem luz e sem Paz

O que alegra a  minha alma,
Depois de tanto tempo desta história,
É que o Divino Carpinteiro,
Tambem está me vendo agora!

Não estou debaixo de uma figueira,
Mas se Ele não  tivesse olhado  para mim,
Viveria nas trevas do meu pecado, a minha vida inteira!

Inda bem que Ele viu….
Seu Espírito me aproximou
Eu que estava tão distante,
Ele usou outros Felipes,
Pra me chamar pro  Reino do seu amor!

Ele me viu em tantos lugares
Dos quais, nem quero lembrar mais..
No rosto, havia sorrisos,
No meu peito não reinava a paz

Esses lugares não preechiam
O profundo vazio do meu coração,
Lá existiam muitas alegrias…
Mas quando voltava pro meu canto,
Reinava em mim a mais intensa solidão…
Eu precisava do chamado do Divino Espirito Santo!

Ele me viu,
Do alto de sua Sua Glória
Não debaixo de uma figueira,
Mas escondido nas florestas do pecado,
Necessitado de uma trasformação urgentemente  e verdadeira

Ele me viu,
Como viu a Natanael,
Esperando em minha vida,
Por Sua misercórdia,
Por seu Divinal poder
Para que, daquele dia em diante,
Não  ficasse mais distante;
Mas tão perto, muito pertos das coisas lindas do Céu

Ver  anjos a subir e a descer,

Ver os milagres operados por Seu Poder

E anunciar a outros pecadores,
Que o sangue do Senhor Jesus Cristo,

Purifica  de todo o pecado,

E os pode fazer vencedores,

Mas é preciso,  de todo coração, crer profundamente  nisto!

Saibam todos os pecadores,
Que os olhos do Filho de Deus,
Estão por toda terra inteira,
Qualquer seja o lugar,

Em qualquer árvore,

Ou debaixo de uma  simples  figueira;

Ele me viu,
Viu a Natanael,
Por Sua Infinita Graça a ambos nos chamou,
Para viver sob Seu Cuidado,
e Sob Seu  grande amor

Ele te vê agora do Alto de Sua Glória,
Quer escrever em tua vida lindas páginas de viórias.
Ele é o Filho Unigênito de Deus,
Mudou a minha vida,
E  o destino meu
E toda minha a  história!

******

O Éden e a Viração do Dia

04.12.2014


Irineu Messias.
03.12.14

Na viração do dia,
Quisera ser o Adão da Inocência,
O Adão do Éden sem pecado,
Para que pudesse estar em Tua Presença,
E caminhar ali, sempre ao Teu Lado;
Sentir toda aquela alegria
Caminhar naquele  jardim,também feito para mim

Na viração dia,
Meu coração ficaria
Contando cada minuto
Para ter aquela divinal alegria
De poder ouvir Tua voz,
E ouvires minhas histórias, eu e  o Senhor, a sós

Teus santos conselhos de amor
Há de sempre me guardar
Seja para onde eu for;
Nos muitos momentos da minha lida
Livras e protege a minha vida
Por onde quer que seja o meu andar

Ó, Senhor meu Deus,
Santo Eterno Senhor Jeová!
Não há Deus tão Amoroso
Tão cheio de misericórdia e
Todo-Poderoso,
Que enche meu ser de Santo gozo.
Por isso,meu coração agradecido
Há de sempre e eternamente te adorar!

O primeiro Adão, por seu pecado,
Trouxe a morte espiritual,
O segundo Adão, meu Cristo Amado,
Me libertou daquele mal,
Me levará de volta ao Éden-paraíso,
Por meio da Infinita Graça
De meu Senhor Jesus Cristo;
Senhor, derrotaste na minha vida,
Todo o poder da transgressão,
Puseste em mim Teu  Santo Espírito,
Que regenerou meu  coração!

Seu supremo sacrifício naquela imerecida cruz
Salvou a humanidade inteira
Por   Tua Graça divinal e maravilhosamente Verdadeira;
Me retirastes das minhas trevas
Para teu Santo Reino de Luz
Antes era teu inimigo,
Hoje sou amigo do Senhor Cristo Jesus
Na minha história Ele escreveu um diferente e novo fim
Por seu  amor sem igual e por Seu sangue carmesim!

Tantas glórias Te darei,
Ó Deus Triúno e Bendito,
Ó meu Glorioso Rei!
Quando estiver na Tua glória,
Melhor que o Éden de Adão,
A morte não existirá jamais,
Minhas lágrimas,
Minhas dores
Lá não existirão mais
Será uma Eternidade de vitória
Na presença do Deus Pai!

Terei todos os dias,
A Presença Sacrossanta e Poderosa
Pelo séculos sem fim,
Do Deus Pai Misericordioso
Que por Cristo Jesus, o Deus Filho
Me dará um corpo glorioso

O Deus Espírito Santo,
Este Amigo mui Fiel,
Que o Pai enviou de Sua Glória
Depois  que o Senhor Jesus,subiu para os Céus
Este Consolador Amado, cuidou tanto de mim,
Enxugou todo o meu pranto,
De  tantos e muitos sofreres aqui!

Estarei no Éden Celestial,
Adorando o Deus Amado,
Que me salvou para sempre de todos os meus  pecado;
Não mais precisarei esperar
A costumeira  viração do dia,
Para que eu possa estar
Na sua sublime e divinal companhia.

Estarei diante do Trono Divinal,
De vestes brancas e angelicais,
Livre eternamente de todo o mal;
Adorando-O com altos brados de vitória:
Santo, Santo, é o Senhor dos Exércitos
Os Céus estão cheios de Sua Glória!


*****